Número de Páginas: 441
Nota: 4/5
Skoob: Clique Aqui.
ALERTA DE SPOILER: Se você não leu o primeiro livro não continue lendo essa resenha!
Sinopse: Liberta-me é o segundo livro da trilogia de Tahereh Mafi. Se no primeiro, Estilhaça-me, importava garantir a sobrevivência e fugir das atrocidades do Restabelecimento, em Liberta-me é possível sentir toda a sensibilidade e tristeza que emanam do coração da heroína, Juliette. Abandonada à própria sorte, impossibilitada de tocar qualquer ser humano, Juliette vai procurar entender os movimentos de seu coração, a maneira como seus sentimentos se confundem e até onde ela pode realmente ir para ter o controle de sua própria vida. Uma metáfora para a vida de jovens de todas as idades que também enfrentam uma espécie de distopia moderna, em que dúvidas e medos caminham lado a lado com a esperança, o desejo e o amor. A bela escrita de Tahereh Mafi está de volta ainda mais vigorosa e extasiante.




Olá! Hoje eu venho fazer resenha do livro Liberta-me, continuação de Estilhaça-me. É uma trilogia e estou bem curiosa para o final! 

Estilhaça-me termina quando ela consegue fugir e encontra o Ponto Ômega – com Adam e Kenji - onde há pessoas como ela, que tem poderes e que estão contra o Restabelecimento.


Já no Ponto ômega ela conhece essas pessoas que têm diversos poderes mais nenhum tão horrível quanto o dela. Mesmo em meio a tanta gente diferente as pessoas ainda têm medo dela e mais uma vez ela se isola do mundo e a única coisa que faz é ficar com Adam em seus tempos livres.
“Pergunto-me quantos erros mais terei de cometer antes que as coisas se acertem.”
Ela também tem que saber lidar com a pressão que Castle deposita sobre ela para que ela comece a ter treinamentos para saber controlar sua habilidade. Nesse meio tempo ela percebe mudanças em Adam, ele parece esconder algum segredo e sempre está com uma aparência de cansado e etc.
É esperança. É como uma gota de mel, um campo de tulipas florescendo na primavera. É chuva fresca, uma promessa sussurrada, um céu sem nuvens, a pontuação perfeita no final de uma frase. E é a única coisa no mundo que me mantém de pé." (pág. 197)
A guerra contra o Restabelecimento está se aproximando e como Juliette sabe que terá que lutar ela finalmente começa a treinar para controlar sua habilidade. Coisas estranhas começam a acontecer como, por exemplo, Warner liderar patrulhas de perto em vez de só dar ordens enquanto fica na base.
" Porém, o tempo está além de nossa compreensão finita. É interminável, existe fora de nós; não podemos ficar sem ele nem o perder de vista nem achar uma forma de segurá-lo. O tempo continua mesmo quando não continuamos" (pág 19)
O primeiro encontro no livro entre Juliette e Warner acontece e se não fosse por Kenji – que inclusive aparece muito nesse livro – ela teria sido pega. Nesse livro ela começa a querer realmente entender quem Warner realmente é mesmo sabendo de tudo que ele já fez e é capaz de fazer.
“Os Livros... Eles me ajudam a não perder completamente a cabeça”.
Será que ela vai conseguir controlar seu poder? Será que eles vão conseguir sair vivos da guerra? E uma curiosidade de todos: Juliette ficará com Warner ou com Adam? Leia o livro e ele te responderá algumas dessas perguntas..

Apesar de a Juliette me irritar muito, mais muito mesmo com as indecisões dela e aquele lenga lenga entre escolher se ela gosta do Warner ou Adam, eu gostei do livro. Porque quando eu achava que ela tinha se decidido ela voltava a ficar confusa. Mas com o decorrer do livro ela vai ficando menos chata e irritante graças a Deus!

Tenho que confessar que depois desse livro eu sou realmente #TeamWarner. Julguem-me mais depois que Adam é posto um pouco de lado - por motivos aceitáveis - a história fica meio chatinha e o único que dava emoção a coisa era o Warner com seu jeito vilão de ser.


O final é muito bom e deixa uma grande brecha para o próximo livro, que inclusive estou louca pra ler. Eu dei quatro estrelas para o livro e só não dei cinco por motivos de Juliette ter me incomodado bastante.  Mesmo assim eu recomendo que leiam o livro e venham me contar oque acharam!!! Ah resenha já está gigante então não vou nem comentar sobre o Capítulo 62, mais esse cap. é vida <3 Beijos! 



6 Comentários

  1. Oi Giovana, tudo bem?

    Cheguei no seu blog visitando vários outros que sigo e achei ele muito fofo! Estou seguindo. *.*

    Este livro está na minha lista de leitura, mas ainda não deu tempo de ler... ai, ai, como queria ter mais tempo, hahaha

    Beijos! Boas leituras sempre!

    http://escrev-arte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Por causa do spoiler só li algumas partes!
    Faz um tempinho que quero ler esse livro, mais você sabe como é né?! Nem sempre podemos comprar os livros que queremos, que no caso são muitos! Ótima resenha!

    Beijos, Blog Admirando os Livros.

    ResponderExcluir
  3. me ajuda, quero ganhar um concurso, vota e mim por favor, e ainda divulgo seu blog, beijo*-* http://des-conversando.blogspot.com.br/2013/06/preciso-da-ajuda-de-voces-por-favor.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Gio, tudo bom?
    Tenho vontade de ler essa série, mas ainda não tive tempo...
    Por isso, pulei uns pedaços da sua resenha,
    do que eu li, está muito boa, só me faz querer mais ainda começar a ler!
    Tem promoção e post novo
    Beijos
    Endless Poem

    ResponderExcluir
  5. Sou 100% Team Warner tambem, ate porque ele é o meu personagem favorito! Adorei a resenha flor, o livro é maravilhoso mesmo e tambem estou aqui aguardando o ultimo volume!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Gio!
    Sou Team Warner também, não tem como seguir querendo o Adam com a Juliette depois de ler Liberta-me!
    Amei sua resenha *--*
    Beijos
    http://verbologiapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir