Título: Estilhaça-me (Shatter me)
Autora: Tahereh Mafi | Editora: Novo Conceito
Sinopse: Juliette não toca alguém há exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.


Julliette não é uma garota comum. Ela não pode tocar ninguém, e se tocar a pessoa é estilhaçada pelo seu poder de destruição. 17 anos sem amigos, ou uma família que a amasse, ou até mesmo se importasse com ela.
Meus pais pararam de me tocar quando passei a engatinhar. Fiz meus colegas de classe chorar só por lhes segurar as mãos. Os professores me faziam trabalhar sozinha para que eu não machucasse as outras crianças. Nunca tive um amigo. Nunca conheci o aconchego do abraço de uma mãe. Nunca senti a ternura do beijo de um pai. Eu não sou louca. 
E é por causa de seu problema dom é mandada para um manicômio. Há 264 dias ela não toca em ninguém, porque sua realidade é uma pequena cela escura, onde come uma vez por dia e só pode ver o mundo através de uma janela. Ela sonha com o dia que vai sair dali, experimentar do mundo, ter um amigo, uma pessoa em quem confiar.

Até que ela recebe um companheiro de cela, e fica assustada por dois motivos, um porque ninguém  a muito tempo não tem um companheiro de cela e segundo porque ele é do sexo oposto. E ele é Adam.

Adam já chega sendo ignorante, roubando sua cama, seu cobertor, mas ela não faz nada porque apesar de estar com medo ela está feliz por ter um contato com o mundo e aproveita para ajudá-lo a se adaptar ao local. 

Aos poucos ela vai cedendo e os dois começam a conversar, e ela percebe que os seus olhos, são familiares.. O mundo de Julliette vira de cabeça pra baixo quando são libertados e levados a um local comandado pelo Restabelecimento.
“- Não quero que você me odeie – diz Warner enquanto seguimos pelo caminho rumo ao elevador. – Sou apenas seu inimigo porque você quis que eu fosse.”
Lá ela conhece o vilão e repugnante Warner que apesar de ter 19 anos, é o comandante de tudo e acha que com Julliette ao seu lado eles podem mudar o mundo. Mas ter ela do seu lado significa usar seu dom para torturar pessoas, como se ela fosse a arma do Restabelecimento.

Mas tarde ela fica sabendo qual a verdadeira identidade de Adam, (eu não vou contar para não estragar a emoção da descoberta rs.) e eles terão que lutar juntos contra Warner e o mundo. 

Fiquei presa desde o começo do livro, comecei a ler dia 14 (domingo) e terminei dia 16 (terça) de manhã. Queria falar das partes riscadas, que antes de eu começar a ler vi muitas resenhas de pessoas falando que isso as incomodou  para mim não incomodou porque no meio do livro, isso quase desaparece. 

Amei o livro e em algumas partes quase morri de ansiedade, meu coração batendo a mil por hora, minha vontade era e não era de terminar logo e saber oque ia acontecer e estou louca, louca, muito louca pelo 2° livro! 

Espero não ter falado demais, e eu queria saber se alguém ai já leu, e pra quem não leu, corre! Um beijo e até mais readers.



2 Comentários

  1. Estou morrendo de vontade de ler esse livro! Espero que seja mesmo bom como todos falam! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. Estilhaça-me, cade tu aqui comigo???
    Já está na minha lista de desejados esse livro e espero amá-lo tanto ou mais que vc, rsrsrs
    Bjss e seguindo aqui.

    ResponderExcluir