Cinquenta Tons Mais Escuros
Livro: 50 Tons Mais Escuros (Vol. 2)
Páginas: 485
Editora: E. L. James
Sinopse: Assustada com os segredos obscuros do belo e atormentado Christian Grey, Ana Steele põe um ponto final em seu relacionamento com o jovem empresário e concentra-se em sua nova carreira, numa editora de livros. Mas o desejo por Grey domina cada pensamento de Ana e, quando ele propõe um novo acordo, ela não consegue resistir. Em pouco tempo, Ana descobre mais sobre o angustiante passado de seu amargurado e dominador parceiro do que jamais imaginou ser possível. Enquanto Christian tenta se livrar de seus demônios interiores, Ana se vê diante da decisão mais importante da sua vida.

No segundo livro da trilogia “50 Tons de Cinza” da autora E. L. James, o multimilionário Christian Grey propõe a Anastácia Steele um novo contrato, onde dessa vez Ana é quem comandaria o jogo, fazendo suas próprias regras a serem seguidas por Christian para que mantivessem uma relação estável.

Neste livro Christian Grey se rende completamente aos seus sentimentos por Anastácia Steele, e tenta com todas as forças manter um relacionamento “normal” ao lado da amada, abdicando até mesmo dos prazeres dolorosos da sua sala de jogos.

Entretanto, o passado de Grey os persegue, seja com uma ex-sub que o ama e persegue, ou com seus vários segredos que ainda não consegue revelar a Ana com medo de perdê-la, com isso Anastácia se ver perdida em inseguranças e dúvidas, presa em seu medo de nunca ser o suficiente para Christian Grey em relação ao estilo de vida que ele vivia.

Com uma escrita melhor e mais detalhada E. L. James retorna neste segundo livro trazendo novas revelações sobre os personagens e situações ainda mais eróticas e impensáveis. Porém o livro é muito grande e apesar de estimulante chega um certo momento em que a leitura se torna cansativa pois há a inserção de passagens que achei realmente irrelevantes e muita enrolação para chegar aos finalmentes.

Aconselho sim a leitura, mas digo que é preciso um pouco de paciência e obstinação em certas passagens para que a leitura do livro chegue ao final.




5 Comentários

  1. Já tinha visto várias resenhas negativas sobre "50 Tons de Cinza" e vendo que vc já lido e postado a resenha do segundo livro, vim correndo ler xDD
    Ainda não li a série e não tenho uma opinião formada a respeito dela, não faço questão mas se os livros chegarem as minhas mãos certamente os lerei para matar a curiosidade :)

    http://autoracarolinaribeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse livro aguça a curiosidade de muita gente mesmo com as criticas que vem recebendo, ou ainda ganhou notoriedade por causa dessas criticas! Acho que a leitura é válida para que se possa falar do livro. Que bom que veio logo ler a resenha e espero que tenha gostado!

      Excluir
  2. Oiiii tudo bem?

    Estou com muita vontade de ler a trilogia... Estou apenas esperando o último ser lançado para comprá-la, parece ser interessante...

    Tem meme para você lá no blog.
    http://osamantesdaleitura.blogspot.com.br/2012/09/meme-escrito.html
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é interessante sim, existem passagens que nos deixam de boca aberda,ainda não li o último livro, mas estou anciosa!

      Excluir
  3. O que que é muito legal nesse segundo livro, é que o orgulho é ignorado e amor passa a ter mais espaço entre os personagens. É possível ver a mudança de Cristian e o posicionamento de Anastácia. Gostei muito do segundo livro da trilogia, ele é intenso.

    ResponderExcluir